Caloi Ceci rosa reformada, a Cecília

A Caloi Ceci original e depois da reforma.

A Caloi Ceci original e depois da reforma. (Foto Raquel Espírito Santo)

A história dela eu comecei a contar pelo fim, pelo meio. Agora que ela tá pronta para andar pelas ruas da cidade, conto com fotos como era a Caloi Ceci  quando chegou para mim, via projeto Transite que hoje acompanho orgulhoso os resultados, e como ela ficou depois de percorrer um divertido caminho.

A ideia eu já tinha na cabeça. Deixa-la clássica inspirada num modelo Italiano da Rossignoli, a ‘Classica Duona‘ num tom de vermelho especial com as peças cromadas. Recorri à loja paulistana House of Kolors e encontrei o ‘Red Hot Snake’. Já sabia que o Ceará seria o responsável pelo cromo e assim começou o projeto de restauração antes da pintura em si. Ela foi toda desmontada e limpa.

Os pedaços de Cecilia separados, lixados, limpos e prontos pra viagem.

Os pedaços de Cecilia separados, lixados, limpos e prontos pra viagem.

Depois do processo de pintura ela estava pronta para ser batizada. Cecilia caiu nas graças do Sign Painter, Caetano Calomino numa noite calma de outono. Envernizada e montada ela é a primeira bike à venda pelo Studio Vila, original, vivinha.

Algumas das peças prontas para a dona e nas mãos do artista Caetano Calomino, ganhando vida.

Algumas das peças prontas para a dona e nas mãos do artista Caetano Calomino, ganhando vida.

Do rosa ao Red Hot Snake.

Do rosa ao Red Hot Snake. (Foto Raquel Espírito Santo)

Assim vos apresento: Cecilia.

Assim vos apresento: Cecilia. (Foto Raquel Espírito Santo)